Guns n' Roses: de quem foi a culpa, afinal?

|

Anteontem terminei de ler a autobiografia do Slash e tirei 3 conclusões:

  1. O livro é excelente. Guns n' Roses foi a primeira banda que ouvi, então um livro no qual o Slash expõe toda sua história de vida e sua versão dos fatos foi mais do que relevante pra mim. Cresci ouvindo a banda e formei a minha própria gravitanto em torno do que Axl Rose, Slash, Duff, Steven e Izzy faziam.
  2. A culpa do Guns n' Roses ter acabado foi do Axl Rose. Ele levou a convivência na banda a um nível insuportável. Axl é egocêntrico, megalomaníaco e sua obsessão por se tornar o chefe e tomar o controle institucional e criativo da banda fez com que ninguém além do empresário dele suportasse continuar.
  3. A razão por trás do comportamento do Axl pode ser a conduta do Slash, Izzy e Steven.
Slash, todos sabemos, é um guitarrista excepcional. Possui feeling apurado e o mais importate, um estilo único. No entanto, foi um severo dependente químico junto com Steven e Izzy - este, segundo Slash, saiu da banda pra se manter afastado de todo tipo de droga.

Talvez, o vício deles em heroína tenha modificado todo o conceito que Axl tinha da própria banda e de seus integrantes. Afinal, quem é que confia em viciados? Ok, os tempos eram outros. Todos os músicos de hard rock dos anos 80 usavam drogas. A diferença é que o vício simplesmente assumiu o primeiro plano da rotina desses caras a ponto de fazer do Guns n' Roses a banda menos produtiva da história, com apenas 3 discos lançados em 7 anos (o Lies realmente não conta, né?).

Talvez, e isso só pode ser tirado a limpo quando o próprio Axl Rose contar a sua versão da história, tomar todo o controle da banda tenha sido uma idéia muito plausível, uma vez que 3 dos 5 integrantes estavam com aquele tipo de problema. 

Não vou falar aqui sobre as histórias do livro. São ótimas e ler o que o Slash tinha pra dizer foi uma experiência única. Mas pra mim ficou bem claro que, caso as drogas não tivessem prendido o Guns n' Roses de maneira tão drástica, quem sabe a banda não teria mais discos parecidos com o Appetite for Destruction.

Talvez este post esteja parcial demais. Mas só lendo o livro pra entender.




Submarino.com.br

8 comentários:

Thais disse...

Olá! Gostaria de saber para qual e-mail eu posso enviar sugestões de posts para serem publicados aqui no blog! Em Sampa, está tendo uma Mostra de Guitarras que acredito que seja do interesse de seus leitores!
Att,
Thais
imprensa@cultcultura.com.br

Maverick disse...

Opa!
Muito massa esse post sobre o livro do Guns, achei legal pois o Guns tambem foi a primeira banda que ouvi, e foi lah que nasceu a paixao pelo rock.
Cara, tenho uma blog "A arte de tocar guitarra" guitarra-arte.blogspot.com . Gostaria de saber se podemos firmar uma parceiria para nos ajudarmos na divulgaçao.

Abraço

Adriano disse...

Esse livro é muito bom, ja li e recomendo. Aew cara, eu tenho um blog o http://palhetadacerta.blogspot.com/ e gostaria de saber se podemos fechar uma parceria, ja adicionei seu link no blog, se puder faça o mesmo e me avise.. vlw abraços!!

Loja Virtual disse...

Acho que Guns era uma panela de pressão, cozinhando Egos enormes durante toda a década. Tinha que explodir em algum momento. Cara, conhece nosso blogue? http://palheteria.blogspot.com/

Espero que curta!

Queremos falar de música! LET'S TALK ABOUT MUSIC disse...

Oi
Eu amei esse livro!
Eu também cresci ao som de Guns!
Confesso que não gostava muito do Slash, mas depois de ler mudei de opinião

Estou seguindo você já!
Tenha uma boa semana
;*
Marina

Venha falar de música com a gente!

Guitars Online disse...

Guns & Roses is considered one of the best rock bands of all times. There records went platinum in over 15 countries. The United States alone they ended up selling over 5 million records.

William Paganini disse...

Essa banda influenciou demais a todos! Sempre que eu posso eu assisto algum show antigo!
Eu fico feliz que o guitarrista slash conseguiu seguir em frente e com bons trabalhos! Um grande músico!

Douglas disse...

Belo post. E uma dúvida eterna...

Há pouco tempo dei início ao meu blog sobre música, guitarras e lembranças com o mundo da música. Fiquem à vontade pra dar sugestões, ficarei grato. Obrigado pelo espaço, riffsesolos.

http://musicaguitarraselembrancas.blogspot.com.br/

Abraços!

Postar um comentário

Os comentários são moderados. Não são permitidas ofensas e comentários com qualquer teor religioso. Atenham-se ao assunto do post. Comentários sem nome não serão aprovados.