TOP 10: Vocalistas que também são Guitarristas Solo

|


A banda está destruindo tudo no palco. O baterista e o baixista têm química e seguram a cozinha com mãos firmes e a ajuda do segundo guitarrista que realça o trabalho de base. A voz lá na frente tem energia pra liderar as melodias que o público vai aprender e a música cresce cada vez mais até que é chega o momento em que toda a energia acumulada é expulsa pra fora na forma de um poderoso solo de guitarra. O segundo guitarrista dá um passo à frente e captura todos os olhares mas não os ouvidos. O público confuso não entende até que percebe: o encarregado de uma das funções mais nobres do rock continua sendo o vocalista.

Aqui você vai ler um Top 10 com os melhores vocalistas que surpreendentemente também ocupam a posição de guitarra solo. No entanto, existem regras:

Não pode ser um artista solo: Steve Vai, Steve Ray Vaughan, Eric Clapton e etc. Eles não estão numa banda. Eles são os artistas principais então ficam fora da disputa.

Não pode ser um duo/trio: Quando só existe um guitarrista na banda, é ele quem fará os solos.

Já temos as regras então vamos lá:

10 ­ Jimmi Hendrix


Primeiro, que fique claro que Hendrix é uma exceção e está aqui porque apesar de não se enquadrar nos critérios, ainda é a maior referência quando se fala em guitarra solo. E como ele era a voz da sua banda entra no top 10 como menção honrosa (além do mais é bem difícil encher uma lista dessas).

09 ­ Jack White


Ele tem (tinha?) uma banda com a esposa e montou outra banda só pra entrar nessa seleta relação: o Raconteurs. Nela, ele divide as guitarras e vocais com Brendan Benson que também faz alguns solos e também é vocalista recorrente, mas o main man da banda no fim das contas acaba sendo o próprio Mr. White, que faz voz e solos.

08­ Justin Hawkins

Ok, agora nós começamos a falar sério. The Darknes é o sopro do Hard Rock dos anos 80 no mainstream atual: Justin e Dan Hawkins são irmãos e guitarristas da banda britânica mas é Justin quem faz a maioria dos solos nos 4 discos já lançados.

07­ Zakk Wylde

Se você conhece alguma coisa da história do Heavy Metal, então você já ouviu falar do guitarrista que acompanhou Ozzy Osbourne em sua carreira solo por mais tempo. Zakk tem sua própria banda em que, apesar de possuir outro guitarrista, faz os papéis de vocalista e guitarrista solo. E faz muito bem, aliás.

06­ Kai Hansen

O primeiro vocalista do Helloween ocupou o posto de guitarrista solo no início da banda alemã e após formar sua própria banda, Gamma Ray, continuou ocupando os dois postos. Hansen inclusive canta e faz solos na banda dos outros: Em Angels Cry, Hansen foi a guitarra solo na faixa Never Understand e uma das vozes na faixa The Temple of Hate junto com Edu Falaschi, no melhor disco da segunda formação do Angra, Temple of Shadows de 2004.

05­ Dave Mustaine

Mustaine teve pelo menos duas chances de não estar nessa lista: caso continuasse no Metallica como guitarrista solo ou caso não resolvesse montar sua própria banda de Thrash Metal, Megadeth. Acontece que no Megadeth, mesmo tendo excelentes guitarristas solo ao lado dele, Mustaine faz boa parte dos solos ele próprio. Só porque ele pode.

04 ­ Sérgio Dias

Os Mutantes eram (são) uma bagunça quando o assunto são seus membros. O que basicamente começou com Sérgio, Arnaldo Baptista e Rita Lee mais tarde virou só os irmãos Dias/Baptista e mais tarde apenas Sérgio Dias e outros músicos. Acontece que Sérgio é um guitarrista habilidoso e faz ambos papéis desde o disco Tudo Foi Feito Pelo Sol, de 1974. Ok, hoje tem outras vozes na banda além dele, mas ainda conta.

03­ Mark Knopfler

You get a shiver in the dark it’s raining in the park but meantime (solo)
South of the river you stop and you hold everything (solo)
A band is blowing dixie double four time (solo)
You fell allright when you hear the music ring (solo)
Well, now yoou step inside but you don’t see too many faces (solo)
(…)

02 ­ David Gilmour

Lendário é pouco pra começar a descrever o guitarrista e vocalista do Pink Floyd. Um dos ícones do da guitarra desde os anos 70, Gilmour dividia os vocais com o baixista Roger Waters que deixou a banda após querer ser o dono absoluto dela e desde então Gilmour foi o vocalista, líder e guitarrista solo da banda progressiva até se aposentar.

01 John Fogerty

Quem poderia ser o guitarrista solo/vocalista mais importante da história do rock senão o líder do Creedence Clearwater Revival? John Fogerty dividia as guitarras com seu irmão Tom e brilhava quando exibia sua habilidade. Solos incríveis como o de Travelin’ Band, e épicos como o de I Heard You Through The Grapevine saíram das mãos e mentes do vocalista da banda lendária.

Por se encaixar perfeitamente no conceito e por ter entrado na estrada antes de todos os demais, John Fogerty encabeça esse Top 10.

Conhece outros exemplos? Acha que o Hendrix não poderia estar na lista? Acha que o melhor disco do Angra com o Edu é na verdade o Aurora? A discussão continua nos comentários.

Guns n' Roses: de quem foi a culpa, afinal?

|

Anteontem terminei de ler a autobiografia do Slash e tirei 3 conclusões:

  1. O livro é excelente. Guns n' Roses foi a primeira banda que ouvi, então um livro no qual o Slash expõe toda sua história de vida e sua versão dos fatos foi mais do que relevante pra mim. Cresci ouvindo a banda e formei a minha própria gravitanto em torno do que Axl Rose, Slash, Duff, Steven e Izzy faziam.
  2. A culpa do Guns n' Roses ter acabado foi do Axl Rose. Ele levou a convivência na banda a um nível insuportável. Axl é egocêntrico, megalomaníaco e sua obsessão por se tornar o chefe e tomar o controle institucional e criativo da banda fez com que ninguém além do empresário dele suportasse continuar.
  3. A razão por trás do comportamento do Axl pode ser a conduta do Slash, Izzy e Steven.
Slash, todos sabemos, é um guitarrista excepcional. Possui feeling apurado e o mais importate, um estilo único. No entanto, foi um severo dependente químico junto com Steven e Izzy - este, segundo Slash, saiu da banda pra se manter afastado de todo tipo de droga.

Talvez, o vício deles em heroína tenha modificado todo o conceito que Axl tinha da própria banda e de seus integrantes. Afinal, quem é que confia em viciados? Ok, os tempos eram outros. Todos os músicos de hard rock dos anos 80 usavam drogas. A diferença é que o vício simplesmente assumiu o primeiro plano da rotina desses caras a ponto de fazer do Guns n' Roses a banda menos produtiva da história, com apenas 3 discos lançados em 7 anos (o Lies realmente não conta, né?).

Talvez, e isso só pode ser tirado a limpo quando o próprio Axl Rose contar a sua versão da história, tomar todo o controle da banda tenha sido uma idéia muito plausível, uma vez que 3 dos 5 integrantes estavam com aquele tipo de problema. 

Não vou falar aqui sobre as histórias do livro. São ótimas e ler o que o Slash tinha pra dizer foi uma experiência única. Mas pra mim ficou bem claro que, caso as drogas não tivessem prendido o Guns n' Roses de maneira tão drástica, quem sabe a banda não teria mais discos parecidos com o Appetite for Destruction.

Talvez este post esteja parcial demais. Mas só lendo o livro pra entender.




Submarino.com.br